Rosa Weber dá 5 dias para Bolsonaro e Moro explicarem decreto de armas

Nesta sexta-feira, a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber deu um prazo de cinco dias para o presidente da República, Jair Bolsonaro, explicar o decreto assinado nesta semana que flexibiliza o porte de armas.

Ela é a relatora da ação protocolada pelo partido Rede.

A ministra deve aguardar a resposta antes de decidir se suspende ou não de forma liminar o decreto.

Além de Bolsonaro, a ministra deu o mesmo prazo para que o Ministério da Justiça, comandado por Sergio Moro, dê suas justificativas para o ato.

Ela também abriu a possibilidade de manifestações para Advocacia-Geral da União (AGU), Procuradoria-Geral da República (PGR), Senado Federal e Câmara dos Deputados….

Horas depois de Rosa Weber dar cinco dias para o governo explicar seu decreto das armas, Jair Bolsonaro disse que, “se for inconstitucional, [ele] tem que deixar de existir”, relata O Globo.”

“Teremos um bom embate no tocante a isso [decreto das armas], pode ter certeza. Não estamos fazendo nada mais do que o povo quis em 2015. E estamos dentro do limite da lei”, disse o presidente em Foz do Iguaçu.

“Se for inconstitucional, tem que deixar de existir. Quem vai dar a palavra final é o plenário da Câmara ou a Justiça”, completou.

Decreto de Bolsonaro é de amadorismo primário

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.