Dono da Gol pagou propina a Rodrigo Maia

Henrique Constantino, dono da Gol, disse em sua delação ter pago propina a Rodrigo Maia por meio da Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas).

A informação está no anexo 7 do acordo de colaboração premiada.

Além de Maia, também são citados como beneficiários Romero Jucá, Vicente Cândido, Ciro Nogueira, além de Marco Maia, Edinho Araújo, Otávio Leite, Bruno Araújo e outros.

O “benefício financeiro”, segundo ele, teria relação com a aprovação da abertura do capital das companhias aéreas a estrangeiros.

No acordo de colaboração com o MPF, homologado hoje pelo juiz Wallisney Oliveira, o empresário Henrique Constantino se compromete a pagar mais de R$ 70,7 milhões.

O valor é dez vezes o total do desvio delatado no caso específico envolvendo a ação penal que apura a concessão do trecho oeste da rodovia Marechal Rondon (SP-300).

Novos valores poderão se cobrados de acordo com o apurado nas demais frentes de investigação, relatadas nos anexos da delação.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.