“Não foi boato, foi exatamente o que aconteceu”

O líder do Novo na Câmara, Marcel van Hattem, também estava na reunião de ontem no Palácio do Planalto e não admite que chamem de “boato” a informação de que Jair Bolsonaro pegou o telefone e determinou ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, que suspendesse o contingenciamento na pasta.

O deputado comentou:

“Ele ligou para o ministro na nossa frente e nos comunicou que decidiu suspender o ‘corte’. Depois, fomos surpreendidos com a suspensão da suspensão. O que aconteceu foi isso. Não foi boato, foi exatamente o que aconteceu. Agora, se o governo tem alguma razão para suspender a suspensão, o ministro poderá nos explicar hoje no plenário.”

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.