Volume de manifestantes inclui pessoas ‘com medo’

Pelo grande volume de manifestantes nesta quarta-feira (15), pode-se inferir que o contingente tenha sido composto, além do pessoal das Universidades e também dos partidários de oposição, brasileiros apreensivos com a reforma da previdência e desempregados.

A manifestação pode ter incorporado um sentimento de “medo difuso em relação ao futuro”, inclusive porque o corte de verbas nas universidades prejudica serviços dos quais se beneficiam as prefeituras, como na área da saúde.

Assim como uma insatisfação com os desacertos e a aparente falta de rumo do governo Bolsonaro.

Share:

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.