Governo quer reduzir subsídio no Minha Casa Minha Vida

O governo quer reduzir sua parte num subsídio do programa de moradia popular Minha Casa Minha Vida (MCMV).

O impasse sobre isso tem causado interrupções e atrasos em construções de imóveis.

A proposta é cortar de 10% para 3% a participação do governo num subsídio chamado “desconto”, dentro do orçamento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Isso tiraria R$ 630 milhões de uma verba total de R$ 66 bilhões.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.