Protesto pelotense

Cerca de duas mil pessoas fizeram um protesto nesta sexta-feira (14), em Pelotas, contra a reforma da Previdência.

Na maioria trabalhadores, de várias categorias, sobretudo da educação, dos bancos, do transporte e do poder judiciário.

Insatisfeitos com o governo Bolsonaro, unidos em pensamento a manifestantes simultâneos em 150 cidades do País.

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.