Vídeo: Superintendente do Hospital Escola: ‘acusações de assédio moral são descabidas’

Samanta Winck Madruga, superintendente do Hospital Escola, gravou vídeo em que responde denúncias de assédio moral que, insinua, tem motivação política, além de se posicionar sobre outros temas.

A manifestação foi compartilhada pelo reitor Pedro Hallal, nas redes sociais.

MPF ajuíza ação civil pública de improbidade administrativa contra Gerente do Hospital Escola da UFPel

Em liminar, juiz determina indisponibilidade de bens de servidor da UFPel denunciado por assédio moral

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.