Acabou o estoque de medidores de glicose

Diabéticos crônicos de Pelotas está reclamando da falta de fitas para medir a glicose, obtidas através do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O estoque terminou na terça-feira passada.

Previsão é de solução em no máximo 10 dias, promete a prefeitura, observando que grupos prioritários, como gestantes, transplantados e crianças, têm tido o acesso ao tratamento preservado.

Os estoques mensais atendem 4,1 mil pacientes.

O tratamento é caro. Uma caixa com 50 unidades custa entre R$ 80,00 e R$ 100,00. Considerando que é necessário o uso de quatro fitas por dia, uma caixa dura de 12 dias, três caixas, podendo chegar a R$ 300 por mês.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.