Prefeitura convida população a decidir o que será depositado na Cápsula a ser aberta em 2069

A Prefeitura abriu, nessa sexta-feira (28), uma votação para que a população pelotense decida quais itens quer colocar na Cápsula do Tempo 2019-2069, que deve ser aberta daqui 50 anos.

A exemplo do que ocorreu com a urna que guardava material sobre a primeira Miss Universo pelotense, Yolanda Pereira, enterrada há 88 anos e encontrada pela Prefeitura em 7 de maio desse ano, a ideia é mostrar aos pelotenses do futuro um pouco da Pelotas de hoje.

O diferencial, contudo, é que a iniciativa de agora busca também envolver a comunidade na escolha do conteúdo da nova caixa.

A votação pode ser feita no site da Prefeitura, com acesso pelo

link  http://www.pelotas.com.br/votacao/capsula-do-tempo . 

Foto: Gustavo Vara/Arquivo Ascom

Elaborado pela Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura, a lista oferece nove itens e, ao votar, a pessoa deve selecionar cinco deles. A consulta pública também abre a possibilidade a novas sugestões de conteúdo para a Cápsula, que serão avaliadas pela organização do evento. Cada pessoa pode votar quantas vezes quiser.

As nove opções listadas são: Edições dos jornais do dia; DVD do Vitor Ramil; Livro de fotos sobre Pelotas; “Cartas para o Futuro” escritas por estudantes de Pelotas; Livro com receitas dos doces de Pelotas; Compota de pêssego; Pen drive com imagens de Pelotas de 2019; Pen drive contendo imagens e textos sobre a descoberta da cápsula da Miss Universo; Pen drive com as imagens da cerimônia de enterro da cápsula 2019; Nome e cópia da certidão de um bebê nascido no dia do enterro da cápsula (vai ser convidado para o desenterro); Camisas dos clubes de futebol da cidade.

A Prefeitura irá revelar o resultado da votação na primeira semana de agosto e a cerimônia de enterro da caixa será realizada durante os eventos do Dia do Patrimônio, no mesmo mês. A data certa e o local serão definidos pelo secretário de Cultura, Giorgio Ronna, e equipe técnica da Secretaria de Cultura (Secult).

A descoberta

No dia 7 de maio de 2019, funcionários da empresa contrata para a obra de revitalização do paisagismo da Praça Coronel Pedro Osório,e logo servidores do Município, encontraram uma cápsula do tempo que estava em uma urna, enterrada debaixo do monumento a Yolanda Pereira.

A caixa havia sido enterrada há 88 anos (1931), no então “Roseiral Yolanda Pereira”, em homenagem à Yolanda por seus diversos títulos de beleza — o mais importante, o de Miss Universo (1930), que colocou o município em evidência mundial.

O plano original era de que a cápsula tivesse sido aberta em 1980, quando completaram 50 anos do título, mas por alguma razão, ainda desconhecida do público, isso nunca aconteceu.

Indícios de que a caixa ainda poderia estar enterrada debaixo do monumento foram apontados pelo pesquisador Guilherme Pinto da Almeida, em dossiê concluído em abril de 2018, como resultado de pesquisa de iniciativa do projeto Otroporto, patrocinada pelas empresas Sagres Agenciamentos Marítimos e CMPC.

O conteúdo da caixa

Embora o conteúdo da caixa estivesse bastante danificado, devido à infiltração de água da chuva ao longo de décadas — atualmente o material passa por cuidadoso processo de recuperação no laboratório do curso de Conservação e Restauro da UFPel —, trecho extraído da pesquisa de Almeida, dá uma noção precisa do que deveria ser o seu conteúdo:

“Lida a ata, que recebeu inúmeras assinaturas, foi ela encerrada numa artística caixinha de ferro, esmaltada de azul e ouro, presa à chave uma fita com as cores gaúchas – oferta da ‘Fundição e Mecânica’, de Santos, Sica & Cia., urna em que também ficaram depositados: um excelente retrato do Studium Inghes, da Miss, com autógrafos, clichês das moedas de prata que o Ministro da Fazenda, Dr. José Maria Whitaker, mandou cunhar, com a efígie de Miss Universo 1930, representando a Segunda República; números do[s periódicos] ‘O Libertador’, Diário Popular’, ‘Correio Mercantil’, ‘Opinião Pública’, ‘A Luz’, Diário de Notícias’, ‘A Noite’, que se ocupam de Yolanda Pereira, em sua campanha de Miss, e um exemplar do ‘Almanaque de Pelotas’, que traz um magnífico resumo dessa campanha.”  

1 thought on “Prefeitura convida população a decidir o que será depositado na Cápsula a ser aberta em 2069

  1. Como perdem tempo com bobagens. O pior que por mais que tentasse, não me ocorreu nada de importante da cidade para ser colocado nessa cápsula.

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.