Prefeitura diz que mudança de cálculo do IPTU não gerará mais imposto

O secretário de Gestão da Cidade, Jacques Reydams, e o secretário de Finanças, Jairo Dutra, estiveram na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara esclarecendo alterações pretendidas pelo governo na Lei 6.678 de 2014, que regulamenta a cobrança do IPTU.

A prefeitura quer mudar 39 artigos da lei.

Os dois disseram que, desta vez, as mudanças não vão gerar aumento do imposto.

“A determinação é que não haja qualquer tipo de aumento aos contribuintes, é basicamente adotar a tipologia dos imóveis como base de cobrança”, disse Dutra.

O governo propõe a adotar um novo método de cálculo do IPTU.

“Há materiais (sobre os quais se calculava o imposto) que não existem mais. Nós não queremos mais calcular com base nos materiais, mas conforme o aspecto final da construção”, disse Reydams.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.