Connect with us

Pelotas e RS

Cobrada, Paula sugere ampliar número de locais de votação para conselheiro tutelar

Publicado

on

Com a proximidade maior da eleição municipal, Paula procura agradar partidos

Cobrada por vereadores que denunciaram o baixo número de pontos de votação na eleição para Conselheiro Tutelar, prefeita Paula reagiu.

Vereadores têm interesse na eleição para o CT porque vários candidatos ao CT são afilhados políticos de vereadores, com direito a salário, como eles.

Vereadores reclamavam que havia poucos pontos de votação em bairros, tradicionalmente rincões de votos de vereadores e partidos populistas.

Prefeitura informa:

A prefeita Paula Mascarenhas encaminhou, nesta quarta-feira (11), um ofício ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica) — com cópia para a Comissão Especial para Eleição do Conselho Tutelar — sugerindo a ampliação dos pontos de votação habilitados pela Justiça Eleitoral na eleição dos conselheiros tutelares, processo que ocorrerá em 6 de outubro.

Paula lembrou que a escolha dos conselheiros pelo voto universal é um processo democrático e consolidado, e frisou que, quanto maior a participação popular e maior o número de votos recebidos por candidata (o), mais participativo e legítimo terá sido o processo. 

Atualmente, existem 71 urnas distribuídas entre 33 locais habilitados — a maioria, educandários.

Clique para comentar

Eleições 2024

Motivos que podem fazer Daniel Trzeciak não concorrer a prefeito

Publicado

on

Está longe, mas, como as especulações eleitorais começaram, não é descabido considerar que o deputado federal Daniel Trzeciak, do PSDB, possa não concorrer a prefeito de Pelotas em 2014.

Pelos seguintes motivos:

1. Os eleitores não gostam de políticos que abandonam mandatos no meio. Além disso, a região perderia seu único representante no parlamento, logo ele, responsável por trazer grande quantidade de verbas de emendas para hospitais, obras etc.

2. O salário de deputado é de R$ 41,6 mil. O de prefeito, R$ 15 mil.

3. Prefeitura está com déficit grave nas contas públicas. Somados o déficit de 2023 e o previsto em lei para 2024, dá um acumulado de R$ 400 milhões, um quinto do orçamento público anual da cidade, de R$ 2 bilhões.

4. O clima de Brasília, seco, segundo orientações de saúde, é mais favorável à filha do deputado, de um ano de idade, do que o úmido clima pelotense.

Continue Reading

Pelotas e RS

Prefeita insiste e vai recorrer contra decisão judicial que suspende projeto de lei que autoriza Associação Rural a construir empreendimento imobiliário

Publicado

on

A pedido da prefeita Paula Mascarenhas, a Procuradoria do Município vai recorrer judicialmente para manter em curso na Câmara um projeto de lei do Executivo que autoriza a Associação Rural de Pelotas a construir um empreendimento imobiliário sobre um terreno de 25 hectares (igual ao tamanho de 25 campos de futebol profissional).

A Procuradoria vai alegar que, pela Lei 948, de 1959, o terreno está doado pelo Município à entidade. É verdade. Porém, com base na mesma lei citada, o juiz Bento Barros suspendeu nesta semana o trâmite do projeto de lei. Ele se assenta no seguinte argumento presente na mesma Lei 948:

Decisão surpreendente a da prefeita!

Continue Reading

Em alta