Promotor não viu problema em empréstimo de R$ 10 milhões da Câmara para a prefeitura

O promotor André de Borba, do MP estadual, arquivou um pedido de investigação de um empréstimo de R$ 10 milhões feito pelo presidente da Câmara, vereador Fabrício Tavares (PSD), à prefeita Paula Mascarenhas (PSDB), no começo do ano.

O empréstimo ocorreu para que a tucana, então já com problemas de caixa, pudesse honrar compromissos financeiros do Executivo.

Borba considerou que não há improbidade administrativa na transação.

O dinheiro era de um Fundo destinado à construção ou compra de uma sede própria para a Câmara.

Resta agora saber quando a prefeitura vai devolver o dinheiro, já que neste mês começa a atrasar salários.

Promotor André

Prefeitura vai atrasar salários

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.