Por que mesmo o Sanep ficou de fora do projeto de PPP?

Talvez agora esteja explicado por que os vereadores que garantiram a aprovação ao polêmico projeto de Parceria Público Privada proposto pela prefeitura há um mês só deram seu ok quando o governo deixou de fora do texto os serviços do Sanep – abastecimento, saneamento e lixo.

Pode ter sido uma troca.

Tipo assim: “Nos aliviem (prefeitura) de um ônus (votar por PPP para o Sanep, um setor sensível), que retribuiremos adiante”.

A retribuição poderá ser a aprovação agora ao projeto da prefeitura que cria um novo imposto, a Taxa de Iluminação.

Se foi assim, a prefeita teria desistido de seu sonho de universalizar o saneamento, anunciado como sonho no começo de seu mandato, e que seria uma decisão ESTRUTURAL de um governo, pensando, no curto prazo, em evitar que a crise financeira se estenda até 2020, ano eleitoral.

Mal ou bem, a questão parece decorrer de um problema de torneira.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.