Hallal 2020

Nesta altura, Pedro Hallal deve estar pensando três vezes se valerá a pena concorrer à reeleição de reitor da UFPel.

No cenário bolsonarista, mesmo que aceite a disputa e a vença, o destino de Hallal, em 2020, deverá ser a sala de aula, lugar onde ele diz se sentir melhor.

Na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, para surpresa da comunidade acadêmica, o nome do reitor escolhido, após a eleição, foi o do candidato menos votado da lista tríplice indicada pelo Conselho Superior da instituição.

O nomeado, professor Janir Alves Soares, obteve 8% dos votos dos professores na eleição aberta à comunidade acadêmica e nove dos 53 votos do conselho.

É a terceira nomeação em que o presidente da República não segue a decisão da maioria da comunidade universitária.

Antes, Bolsonaro havia escolhido como reitores, respectivamente, o segundo e terceiro colocados para as federais do Triângulo Mineiro e do Recôncavo da Bahia.

Janir, cujo mandato começou ontem, comandará a universidade no próximo quadriênio (2019-2023).

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.