‘Paralisação não chega a comprometer serviços’, diz prefeitura

Da prefeitura | A adesão de servidores públicos à paralisação deflagrada na quarta-feira (2), por mudanças no calendário de pagamentos, não teve significativa variação no segundo dia do movimento.

Saúde e Educação são as exceções.

Nem todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) estão abertas e o mesmo ocorre em escolas da rede municipal.

Os serviços públicos seguem mantidos no Município. A população não está sem atendimento, principalmente nas áreas essenciais.

O tamanho da greve na educação e na saúde

Serviços ao alcance da população

A paralisação de servidores não atingiu o Sanep. Recolhimento de lixo, abastecimento e reparos nas redes de água, setor de drenagem e esgoto, além de manutenção das casas de bombas seguem funcionando como sempre.

O transporte coletivo urbano e rural, além do intermunicipal, regulado pela Empresa do Terminal Rodoviário, continuam atendendo normalmente os usuários.

A população não está descoberta do atendimento nas áreas essenciais de segurança, saneamento, transporte, saúde e em outras.

Saúde

Os serviços de saúde de urgência e emergência são mantidos sem alterações, durante 24 horas, pelo Samu, UPA e Pronto Socorro de Pelotas.

As UBSs que seguem com atendimento normal, na cidade e na colônia, são as seguintes: Areal I; Areal Fundos; CAIC Pestano; Cascata; Cerrito Alegre; Cohab Pestano; Colônia Maciel; Colônia Triunfo; CSU Areal; Fátima; Gruppelli; Leocádia; Navegantes; Py Crespo; Sanga Funda; Santa Terezinha; Simões Lopes; União de Bairros; Vila Municipal; Vila Nova; e Virgílio Costa.

As Unidades Básicas com atendimento parcial mantêm os seguintes serviços em funcionamento: Balsa (Enfermagem e recepção); Colônia Z3 (recepção); Laranjal (recepção, enfermagem e médico); Monte Bonito (recepção); PAM-Fragata (recepção, farmácia e pediatra); e Salgado Filho (recepção e técnico de enfermagem). As demais estão fechadas.

Reflexos na Educação

A situação na Secretaria Municipal de Educação e Desporto (Smed) não apresentou variações do primeiro para o segundo dia de paralisação. O atendimento na sede, à praça 20 de Setembro, segue sem alterações. No Centro de Atendimento ao Autista Doutor Danilo Rolim de Moura, as atividades continuam normais. O mesmo vale para servidores da manutenção e para os motoristas do transporte escolar rural.

Noventa por cento dos motoristas do transporte escolar urbano estão paralisados e os do transporte da merenda aderiram em 100% ao movimento.

As escolas da rede seguem com o mesmo quadro: Educação Infantil – 29 escolas – 20 paralisadas; três com atendimento parcial; seis com atendimento normal. Escolas de Ensino Fundamental – zona urbana – total de 40 – 16 com atendimento parcial; 17 com atendimento normal; sete paralisadas. Escolas de Ensino Fundamental – zona rural – total de 20 – 19 com funcionamento normal; uma paralisada. Escola de Ensino Médio – Colégio Municipal Pelotense – paralisado.

Demais secretarias

* Secretaria de Serviços Urbanos e Infraestrutura – trabalho normal. Ações programadas para esta sexta-feira (4), como o “Bota Fora” no Navegantes, foram suspensas em razão da chuva.

* Secretaria de Obras e Pavimentação – frequência normal de servidores. Atividades limitadas devido à chuva.

* Secretaria de Qualidade Ambiental – normal.

* Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária – normal.

* Secretaria de Planejamento e Gestão – normal.

* Secretaria de Segurança Pública – viaturas e efetivo da Guarda Municipal em atividade.

* Secretaria de Cultura – normal, inclusive o Museu da Baronesa.

* Secretaria de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana – normal.

* Secretaria de Desenvolvimento, Turismo e Inovação – normal.

* Secretaria de Transporte e Trânsito – setores de Administração e Sinalização funcionamento normalmente. Agentes de trânsito que continuaram trabalhando: 70% no turno da manhã, 80% à tarde; e 100% à noite.

* Secretaria de Assistência Social – Em todo o quadro de servidores da SAS, a adesão à paralisação aumentou de 79 para 84. O atendimento continua sendo prestado à população sem alterações. Estão fechados o Centro de Referência Especializado de Assistência Social II (Creas) e os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) Pestano e Santa Cecília.

* Secretaria de Desenvolvimento Rural – normal na sede e nos serviços das oito Administrações Distritais. Parte do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) está paralisado, mas as atividades do setor continuam recebendo fiscalização.

* Secretarias da Fazenda, de Administração e Recursos Humanos, e de Governo – atendimento normal.

1 thought on “‘Paralisação não chega a comprometer serviços’, diz prefeitura

  1. A informação acima está equivocada. Há muitos setores que não estão normalizados como noticiado. É melhor o site conferir a informação ao invés de ir atras da prefeitura.
    Há serviços que são tão de péssima qualidade, que até parece que não existem ou que os funcionários realmente estão parados, talvez por isso a prefeitura diz que esta ‘normal’.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.