Marcola à beira da expulsão

Por unanimidade, a Executiva do PT abriu processo para expulsar do partido o vereador Marcos Ferreira, o Marcola (foto), sob acusação de infidelidade partidária.

Marcola faltou a uma sessão da Câmara que votou projeto de lei do Executivo que aprovou o Programa de Parcerias público-privadas, o Proppel.

O PT indicou voto contrário ao projeto.

Marcola alegou problemas gástricos para a ausência e apresentou atestado médico.

Marcola tem dez dias para se defender.

A decisão final virá em votação do Diretório do partido.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.