Temos que voltar ao equilíbrio, senão não haverá nem dinheiro para juros, salários e nem serviços públicos

“Se não corrigirmos os problemas estruturais, no ano que vem voltaremos a atrasar salários. Já temos previsão de déficit para 2020. Ao pagar os juros, estaríamos maquiando a situação, aprofundando ainda mais o déficit. Temos que voltar ao equilíbrio, do contrário não haverá nem dinheiro para juros, nem para salários e nem para os serviços públicos”, afirmou Paula ao pessoal do Sindicato dos Municipários e os vereadores, nesta semana. 

A prefeita sinalizou que estudará formas de compensação, mas só poderá concretizar uma proposta quando o orçamento voltar a se equilibrar.

Paula reforçou a necessidade de esforço conjunto com vereadores, servidores e a sociedade para que se construa uma solução. Para isso, ela destacou a urgência pelas reformas e da aprovação de projetos que possibilitarão a retomada da estabilidade financeira do Município.

Mais AQUI.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.