Conselheiros tutelares: uma espécie de ‘constrangimento’

A suposta tentativa de adoção de uma legislação municipal que altere a dedicação exclusiva dos conselheiros tutelares, para permitir que tenham duplo emprego, é constrangedora.

Constrangedora porque a prefeita Paula Mascarenhas, fragilizada politicamente pela crise financeira da prefeitura, que começou a atrasar salários, depende da Câmara de Vereadores para aprovar a cobrança de uma Taxa de Iluminação que lhe permita sair da crise.

Nessa situação, esperançosa da aprovação da taxa, a prefeita tenderia a aceitar a mudança na legislação dos conselheiros, como quereriam vereadores com parentes eleitos conselheiros tutelares.

Resta saber como se comportará a prefeita diante da suposta pressão.

Promotora esclarece: ‘Conselheiro tutelar não pode ter outro emprego’

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.