Torre de São Gonçalo, o mais alto prédio de Pelotas. No Parque Una

A notícia mais recente sobre o Parque Una informa que o bairro planejado terá o prédio mais alto de Pelotas, a Torre de São Gonçalo. Vinte e oito andares, com 26 apartamentos, um por andar, com saída do elevador direto para a sala, um de seus luxos.

No topo, uma estrutura de arremate ganhará luzes intensas, para que o edifício seja identificado de todos os pontos da cidade.

Além de um alerta aos aeronautas, o futuro “clarão” poderá ser avistado também como o coroamento de uma pequena revolução no mercado imobiliário da cidade: uma revolução iniciada há 10 anos, em 2009, quando a urbanizadora pelotense Idealiza começava suas atividades e, a seguir, concebia o pioneiro Parque Una, um tipo de bairro que Pelotas desconhecia, incomum no País.

O anúncio da Torre São Gonçalo, agora em 2019, vem justamente comemorar o aniversário de dez anos da empresa, suas bodas de Estanho.

Visitei Fabiano de Marco, sócio na Idealiza, na sexta passada. No Café do Una, ele me mostrou o projeto arquitetônico da Torre de São Gonçalo, na tela do notebook. “Esse pessoal da Idealiza é mesmo muito organizado”, pensei.

A cada lançamento de produto, uma surpresa diferente.

Na caminhada deles, além da progressão do concreto armado, salta o planejamento, cerzido, porém, com o apreço pela sutilidade, uma preocupação com o detalhe e as harmonias; uma progressão igualmente da imagem da empresa, que valoriza cada avanço e os marca numa linha cronológica como tentos significativos resultantes de uma conexão emocional entre o trabalho e o orgulho por fazê-lo bem.

Da torre envidraçada mais alta da cidade, os futuros moradores poderão estender os olhos até o mais longínquo dos horizontes hídricos que nos matam a sede, nos banham e nos hidratam.

Fabiano diz que a Torre de São Gonçalo pretende ser ainda um legado eterno; um edifício histórico, como outros da cidade; histórico, no caso, por sua singularidade e pioneirismo, um totem em forma de aquário, mirante de 360 graus.

Faltando pouco mais de 20 das 30 torres previstas, 10 delas hoje em construção (primeira delas, Hola, será entregue em dezembro próximo), fica-se imaginando quais surpresas mais estão programadas para os clientes e a cidade.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.