Ato cobra apurações sobre casos de exames pré-câncer

Coletivo de Mulheres informa:

Os familiares da dona Ieda de Ávila e a Mobilização Pela Vida das Mulheres Pelotenses convidam para o Ato-Vigília de protesto pela passagem de um ano do falecimento de dona Ieda, uma das vítimas da fraude nos exames pré-câncer, nesta sexta 29 de novembro, 18h30.

A concentração começa às 18h no Chafariz do Calçadão (Três Meninas) e segue em procissão até a Prefeitura, onde faremos um ato exigindo JUSTIÇA para dona Ieda e demais vítimas.

Passaram-se um ano e quatro meses que a denúncia da fraude nos exames citopatológicos veio à tona pela imprensa e permanecemos sem respostas, sem que nenhuma das investigações abertas tenha sido concluída e sem nenhuma providência tomada por parte da prefeitura, mesmo com a ocorrência de mortes e com a imprecisão do número de mulheres que adoeceram.

O ato é pela memória de dona Ieda e para exigir justiça para as vítimas da fraude.

É #PelaVidaDasMulheresPelotenses!

Este ato-vigília integra a agenda dos #21DiasDeAtivismoPeloFimDaViolênciaContraMulher em Pelotas. #21diasPelotas#FimDaViolênciaContraMulher

Link para o evento no facebook: https://www.facebook.com/events/591622614910616/

 

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.