“Estão testando a integridade da prefeita Paula”

Aparentemente, o que alguns vereadores estão tentando fazer com Luiz Longaray, secretário de Assistência Social (ex-PSB, atualmente prestes a se filiar no PL, que não tem vereadores), tem cheiro de podre.

Um grupo deles se queixou do secretário à prefeita, ontem. Reclamaram com Paula que ele teria chamado alguns vereadores, num grupo de WhatsApp, de “lixo”. Não se sabe se fez isso.

Mesmo que tenha feito, não foi declaração pública, logo não deveria ter importância. Por que passou a ter importância é que é o X da questão. Hipótese: passou a ter importância por razões políticas e, talvez, pessoais.

Para entender o que está ocorrendo, é preciso lembrar que Longaray namora a promotora Luciara Robe da Silveira, que tem combatido irregularidades na eleição para Conselheiro Tutelar. Lembrar também que vários conselheiros são parentes em primeiro grau de vereadores e seus afilhados.

Luciara também se manifestou publicamente contra um projeto de lei do Executivo propondo uma mudança da lei que rege a atuação dos conselheiros tutelares. A mudança ocorreu a pedido de alguns vereadores, no sentido de garantir aos conselheiros direito a desempenhar uma segunda atividade eventual, em horário diverso do expediente, desde que não remunerada e sem prejuízo do plantão.

O pedido acima foi feito numa hora em que a promotora, em suas ações, buscava (busca) fortalecer a “Dedicação Exclusiva” exigida formalmente dos conselheiros, um conceito que Luciara viu ser enfraquecido pela alteração legal, feita, primeiro, a pedido de vereadores, depois a pedido de Paula, atendendo aos vereadores pedintes.

Quando se vê a situação um pouco mais de cima, a impressão que fica é de que, ao pedirem a cabeça de Longaray, querem na verdade se vingar da promotora, além de afastarem da cena um adversário político hoje com alta visibilidade, principal dirigente da Secretaria de Assistência Social, com potencial eleitoral inerente, indicando para seu lugar outro nome, do interesse dos vereadores reclamantes. Dois coelhos com um tiro.

Detalhe extra: pedem a cabeça de Longaray em um momento em que a prefeita está fragilizada, precisando aprovar até a semana que vem uma lei que cria a cobrança de uma taxa pela iluminação. Precisando de dinheiro, Paula pode ter que abrir mão de Longaray.

Sendo assim, como na hipótese formulada, estão testando a integridade da prefeita.

PS: Na reunião com a prefeita, os vereadores pediram também a cabeça do secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al Alam, denunciado por uma vereadora por tê-la supostamente tratado mal, acusação que ele nega. No fundo, Flávio parece boi de piranha nessa história. No fundo, o objetivo maior parece ser pegar Longaray.

Paula sob pressão de vereadores

Prefeita diz que projeto de lei não enfraquece Conselho Tutelar

Prefeitura enfraquece papel do Conselho Tutelar e, por extensão, do Pacto da Paz

Colegas fazem postagem em solidariedade a Flávio Al Alam

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.