Connect with us

Brasil & Mundo

Natal Havan realiza sonhos em todas as regiões do Brasil

Publicado

on

Assessoria da Havan informa:

A Havan, maior rede de lojas de departamentos do Brasil, quer na sua campanha publicitária de Natal de 2019, por meio da personagem Jaqueline Sabel, 45 anos, que é motorista de carreta, mostrar que independente da distância e dos costumes, a data é especial para todos os brasileiros e, cada um, da sua maneira, comemora em família e tem seus sonhos.

Ela sempre teve o sonho de trabalhar para a Havan, sendo motorista como seu pai foi. Atualmente, seu sonho, acalentado por tantos anos, é a sua realidade e, nesses dias que antecedem o Natal, ela vai cortar o País  dirigindo o caminhão cheio de mercadorias para as  mais de 140 lojas do grupo espalhadas por todas as regiões.

Com 3 filhas e 2 netos, com um sorriso no rosto, por estar realizada na sua profissão, que exerce há seis anos, Jaqueline conta que adora conhecer novas cidades e seus costumes. “Estar na estrada é um prazer. Mas, voltar para casa, assim como mostra na campanha, não tem preço”, avalia.

Independente dos costumes e da religião, o Natal carrega magia em qualquer canto do País. E alguns locais apresentam diferenciais que valem à pena serem destacados. No Rio Grande do Sul, por exemplo, o churrasco faz parte das tradições, junto com a ave de Natal, e um chimarrão antes da ceia. Em Santa Catarina e Paraná o chester e o peru são as estrelas da noite. O que não muda na região Sul é a ansiedade das crianças para receber os presentes logo depois da ceia, após a meia noite. “Na imaginação das crianças, os presentes chegam em um trenó com 9 renas e um saco vermelho bem cheio de pacotes de amor”, declara o gerente de marketing do grupo, Jordan Hang.

Em São Paulo, principalmente no interior, além de todos os pratos citados, eles também têm costume de comer a carne de porco preparada de diversas formas.  Em Minas Gerais, por onde a carreta Havan também passará rumo às regiões norte e nordeste, também não falta na ceia de Natal queijos dos mais diversos e o tradicional doce de leite. E, no Pará, última parada da carreta, região muito quente, a carne de boi é presença garantida na mesa, além do açaí preparado de diversas formas.

Na maioria das regiões, o costume presente é de realizar a ceia no dia 24, próximo da meia noite, e, no dia seguinte, preparar outra mesa farta com o que sobrou e mais algumas delícias.  De acordo com o gerente de marketing, todas as lojas Havan, independente da região onde estejam localizadas, estão preparadas com utensílios para ajudar na preparação da ceia, itens para a decoração natalina e com diversas  opções de presentes para todas as idades. “A Havan participa do Natal de todas as famílias, independente se estão no Norte, no Sul, Sudeste ou Nordeste. Mais do que vender, nosso objetivo é o de realizar sonhos, principalmente, nesta época”, enfatiza.

Publicidade
Publicidade
Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor.

Brasil & Mundo

Doria ironiza Grupo Eurasia, que dava vitória a Leite

Publicado

on

O governador de São Paulo, João Doria, foi às redes sociais ironizar o Grupo Eurasia, que divulgou análises dando vitória nas prévias do partido a Eduardo Leite.

 Eurasia é uma empresa de consultoria e pesquisa de risco político.

Continue Reading

Brasil & Mundo

VÍDEO: PF queima balsas usadas em garimpo ilegal no rio Madeira

Porções de ouro e mercúrio foram apreendidas

Publicado

on

Neste sábado (27), agentes da Polícia Federal, Ibama, Marinha e Aeronáutica queimaram 31 balsas usadas para garimpo ilegal no rio Madeira, em Nova Olinda do Norte.

As embarcações estavam abandonadas no rio, e apenas um homem foi encontrado e preso. Porções de ouro e mercúrio foram apreendidas.

Nas últimas semanas, centenas de balsas e dragas atracaram em um único ponto do rio Madeira, para exploração em massa de ouro. 

Os garimpeiros se dispersam do local na sexta-feira (26), mas alguns continuaram operando de forma ilegal.

Publicidade
Continue Reading

Brasil & Mundo

Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos

Governo já distribuiu mais de 306 milhões de doses de vacinas

Publicado

on

O boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde na noite de hoje (27) mostra que o Brasil registrou, em 24 horas, 229 novas mortes em decorrência de covid-19. Com isso, o país chegou a 614.186 mortes durante a pandemia.

O levantamento mostra que 9.233 novos casos da doença foram registrados no sistema de monitoramento da doença. No total, o país registrou até o momento 22.076.863 casos de infecção pelo novo coronavírus. O informativo também traz os dados sobre óbitos em decorrência de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), que somam 119 casos e estão sob investigação de órgãos de saúde.

 país tem 174.396 casos ativos de covid-19 em monitoramento. O número diz respeito a casos diagnosticados que estão sob supervisão médica ou em isolamento.

O número de recuperados é de 21.288.281 casos, o que corresponde a 96,4% do total de infectados.

Estados

No topo do ranking de mortes por estado estão: São Paulo (153.993), Rio de Janeiro (69.011), Minas Gerais (56.143), Paraná (40.771) e Rio Grande do Sul (36.075).

Os estados que menos registraram mortes por covid-19 foram o Acre (1.846), o Amapá (2.002) e Roraima (2.050).

Vacinação

O painel de vacinação do Ministério da Saúde estava fora do ar no momento da apuração dos dados, e a última atualização que consta no vacinômetro do site do ministério registrava, até o dia 25 de novembro, 364.177.468 doses de vacinas distribuídas, com 306.982.366 doses aplicadas – número que compreende a primeira dose, a segunda dose e aplicações únicas.

O ministério registra, ainda, que o governo federal já investiu cerca de R$ 207,3 bilhões em vacinas.

Publicidade

Continue Reading



Publicidade
Publicidade

Mais lidas em três dias