Câmara aprova projeto que autoriza empréstimo no Banrisul para pagar 13º

A Câmara aprovou nesta quinta-feira (5) projeto de lei da prefeitura que autoriza aos servidores contrair empréstimo no Banrisul para receber o 13º salário.

A aprovação veio pelo voto de 12 vereadores, com sete contra.

Os servidores que quiserem receber via empréstimo do banco devem manifestar esse desejo até dia 18.

Posteriormente, quem pagará a dívida do empréstimo será a prefeitura, que, sem dinheiro, se socorreu do Banrisul, na modalidade citada.

Quem não quiser o contrair o empréstimo, receberá o 13º em 10 parcelas ao longo de 2020.

A favor

 Enéias Clarindo (PSDB) 
 Dila Bandeira (PSDB) 
 José Paulo Benemann (PSDB) 
 Vicente Amaral (PSDB) 
 Anderson Garcia (PTB) 
 Reinaldo Elias (PTB) 
 Zilda Bürkle (PSB) 
 Daiane Dias (PSB) 
 Waldomiro Lima (PRB) 
 Ademar Ornel (DEM) 
 José Sizenando (DEM) 
 Roger Ney (DEM) 

Contra

 Cristina Oliveira (PDT) 
 Marcus Cunha (PDT) 
 Éder Blank (PDT) 
 Antônio Peres (PSB) 
 Marcos Ferreira (PT) 
 Ivan Duarte (PT) 
 Fernanda Miranda (PSOL) 

Ausente

Salvador Ribeiro, MDB, participou da sessão, mas se retirou do plenário antes da votação.

O presidente da Câmara, Fabrício Tavares (PSD) não votou. Só o faria se a votação tivesse ficado empatada.

A jogada da prefeitura em relação ao 13º salário

Contorcionismo para pagar 13º do servidor mostra o enredo da prefeitura

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.