Connect with us
https://www.mvpthemes.com/zoxnews/wp-content/uploads/2017/07/zox-leader.png

Pelotas & RS

Para servidor que tiver comprovante no Banrisul (em caso de empréstimo) negado

Publicado

on

Os servidores públicos municipais que tiverem suas solicitações de empréstimo para recebimento do 13º salário negadas pelo Banrisul, em função de pendências com a instituição financeira, terão seu pagamento realizado, na integralidade, pela Prefeitura.

Para isso, devem procurar uma agência bancária a partir desta sexta-feira (13), das 9h às 15h, para solicitar uma manifestação formal que comprove a impossibilidade de realizar a operação.

Este documento deve ser apresentado na Secretaria de Administração e Recursos Humanos até dia 18, a fim de que o Município encaminhe os procedimentos necessários para o pagamento do valor total até sexta-feira (20). A Secretaria atende na rua General Osório, 918, das 9h30 até as 18h.

Aposentados e pensionistas com negativa do banco

Caso o servidor aposentado ou pensionista tentar habilitar-se ao financiamento junto ao Banrisul e lhe seja negado por insuficiência de margem financeira, também será necessário entregar o documento, até dia 18 de dezembro, comprovando a situação ao Prevpel, cujo atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, na rua Padre Anchieta, 2035, das 13h às 18h.

Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Pandemia

Caso de covid suspende eleição de presidente do Instituto João Simões Lopes Neto

Publicado

on

A eleição e posse do novo presidente do Instituto João Simões Lopes Neto, marcada para ocorrer ontem, sexta, 16, à noite, foi suspensa.

Um dos candidatos a presidir a Casa foi diagnosticado com covid-19.

João Simões Lopes Neto

Continue Reading

Pandemia

Prefeitura diz que houve erro no Painel Covid e que há menos internados

Publicado

on

Atualizado: 23h13

O painel com os dados da evolução da covid-19 em Pelotas, no site da prefeitura, informou neste sábado, 16, percentagens de ocupação de leitos superiores a 100%.

115.3% a ocupação geral e 130.6% nos leitos de UTI.

O Amigos perguntou à assessoria da prefeitura como explicava aquelas percentagens.

Segundo a prefeitura, “houve algum erro. Não sabemos ainda se foi erro de digitação ou erro no sistema. Estamos apurando e vai ser corrigido.”

A prefeitura diz também que “Pelotas tem 78 pessoas internadas, não 136, como informa o Painel. 16 pacientes em UTI e 62 em enfermaria.”

Confira abaixo as duas tabelas.

Continue Reading

Pandemia

Pelotas registra 66 novos casos de covid neste sábado

A ocupação geral de leitos, que estava em torno de 30%, estável, vem subindo crescentemente

Publicado

on

Atualizado: 22h39

Pelotas registrou neste sábado 66 casos novos de pessoas com covid-19.

36 mulheres e 30 homens, com idades entre três e 79 anos.

Mais cedo, segundo dados do Painel Covid, no site da prefeitura, a cidade tinha 136 internados: 25 em leitos de UTI (75.8% de ocupação) e 111 em enfermaria (130.6%). Mais tarde, a prefeitura, consultada, explicou que houve um erro no Painel.

“Pelotas tem 78 pessoas internadas (66,1% de ocupação), não 136, como informava inicialmente o Painel: 16 pacientes em UTI (48,5%) e 62 em enfermaria (72,9%)”, afirmou a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

Em setembro, Pelotas se manteve com vinte e poucos casos novos ao dia. A ocupação geral de leitos, que estava em torno de 30%, estável, subiu em outubro. Ontem (15 de outubro) a ocupação estava em 65%. Hoje, 16, a ocupação está em 66,1%.

Ontem faleceu um rapaz de 37. E um de 20.

A prefeitura, consultada, respondeu:

“Nos últimos dias as internações estavam acima da verificada hoje, 66. Estávamos tendo em torno de 100 novos casos por dia. Mas a taxa de transmissão caiu. Chegou a estar em 1,4, caiu para manos de 1 e hoje está em 1,04. Ou seja, já estivemos em situação um pouco mais grave. Pelotas é o município da região que pratica ainda as maiores restrições. Todos os outros aderiram aos protocolos estaduais, que são mais flexíveis”.

Continue Reading

Em alta