Juiz quer saber se Haragano deve ou não ser desocupado

Em despacho no final da tarde desta sexta-feira (28), o juiz Cristiano Diniz, da 2ª Vara de Pelotas, determinou que um perito compareça COM URGÊNCIA (na próxima segunda-feira) no Residencial Haragano, com a missão de avaliar se há ou não a necessidade de desocupação do conjunto habitacional, para que reparos sejam feitos na construção.

O Haragano sofreu dois incêndios em 70 dias, deixando 12 famílias sem casa.

Paula hesita assinar benefício para famílias do Haragano

Laudo de perícia identificou erros na construção do Haragano

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.