Clima eleitoral na UFPel esquenta com mudança no regime de horas de trabalho

Decisão da Reitoria da UFPel de voltar ao regime de 40 horas semanais, em dois turnos diários, em vez de 30 horas em turno diário único corrido, seguindo orientação do Ministério Público e demais órgãos de controle, desgostou parte dos servidores, que resiste à normativa legal.

A questão passou a ser utilizada como cavalo de batalha eleitoral pela Reitoria, que terá eleição neste ano.

Os contrários ameaçam com greve.

Reitor grava vídeo sobre mudança do regime de horas

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.