PSL Pelotas: ‘Não vamos fazer parte da atual engrenagem’

O PSL de Pelotas, partido pelo qual Bolsonaro se elegeu presidente, prepara uma nota oficial com sua posição para as eleições deste ano. Para ser divulgada nesta semana.

A presidente do partido na cidade, Renata Jeske, adianta.

“Hoje, o que posso adiantar é que não há acerto com o PSDB de Pelotas. Apenas ocorreu uma visita em que a prefeita foi buscar apoio estadual do partido, mas nada foi firmado oficialmente, até porque o presidente jamais acertaria alguma coisa sem antes conversar com a executiva municipal, que não está aqui para figuração.

Temos um projeto e vamos defendê lo, nossa posição municipal permanece a mesma: não queremos fazer parte da engrenagem deste sistema atual.

Nossa visão de governo está totalmente na contramão da atual gestão, então não tem como, não vamos ser mais do mesmo, levantaremos a bandeira do “Muda, Pelotas, muda de Verdade! É renovação total!”

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.