Sinduscon: ‘Temos preocupação de manter a folha de pagamento dos 5 mil empregados do setor’

O presidente do Sinduscon (construção civil), Fabrício Iribarrem.

Setor emprega 5 mil pessoas, diz.

Algumas colocações do empresário:

Até este momento não houve redução de pessoal por conta do coronavírus.

Temos seguido todas as medidas de proteção nas obras, onde funcionários trabalham afastados, com acesso à higiene garantida.

Nos ajuda o fato de os serviços de comida permaneceram legalmente abertos, assim podemos alimentar os profissionais nas obras.

Temos conseguido também ajuda dos fornecedores, ferragens, etc, para seguir fornecendo.

Se pararmos, param os empreendimentos, ninguém vai comprar. O que farão os corretores, um contingente de profissionais na cidade?

Temos uma preocupação com manter a folha de pagamento dos 5 mil empregados do setor.

Se por ventura parássemos, não poderia parar 100%.

Se tivéssemos de demitir trabalhadores, e, adiante, precisássemos chamá-los de novo, quem teria ânimo de voltar ao trabalho? 

Pelotas tem mais de 40 imobiliárias e um imenso número de corretores.

É preciso manter a positividade, manter a cabeça no lugar.

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.