O que deu errado na Itália? Tentar preservar a economia…

Jornalista Cora Ronai lembra:

O que deu tão errado na Itália?

Justamente a estratégia de “preservar a economia”.

Taí a matéria do dia 28 de fevereiro no El País: menos de um mês depois, os resultados são os que conhecemos.

“O Governo central apostou numa mudança radical de estratégia na gestão desta crise de saúde pública, para tentar conter o alarmismo e preservar a maltratada economia italiana. Sua grande cartada é lançar uma mensagem de calma, coordenada com a comunidade científica dentro e fora do país. Em um encontro com os correspondentes estrangeiros em Roma, o ministro de Relações Exteriores, Luigi di Maio, lamentou que alguns países, como Israel e Rússia, tenham recomendado seus cidadãos a não viajarem à Itália (outros, como a Espanha, desaconselharam apenas viagens ao norte) e garantiu que o país é um lugar seguro. “Nossos filhos vão à escola na maioria das nossas cidades, e os turistas e investidores podem vir com tranquilidade”, afirmou.”

Leia na íntegra – AQUI.

Obrigado por participar.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.