Carreata, juridicamente, não fere decreto municipal

Há quem pense o oposto.

Mas, juridicamente, a carreata prevista para às 15h desta segunda-fera em Pelotas, pela reabertura do comércio, não fere o decreto da prefeita Paula Mascarenhas que, entre outras medidas, fechou parcialmente o comércio, para enfrentamento do coronavírus.

O decreto proíbe “aglomeração de pessoas”.

Dentro dos carros, a aglomeração não se configura.

É o entendimento da própria prefeitura, inclusive.

A carreata de hoje não é organizada pelas entidades empresariais da cidade. A Aliança Pelotas cogitou, mas desistiu de fazer.

Quem organiza não se identifica.

ALIANÇA PELOTAS RETIROU APOIO À CARREATA

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.