Covid-19: UFPel busca voluntários para tradução assessoria linguística etc.

O Centro de Letras e Comunicação da UFPEL criou um projeto de extensão para tradução, assessoramento linguístico e disseminação de informações à comunidade sobre a Covid-19, doença causada pelo Coronavírus.

O projeto, coordenado pela professora Andrea Kahmann, visa, prioritariamente, a realização de pesquisas em revistas científicas, protocolos e notícias internacionais sobre a pandemia para sua tradução e disseminação junto à comunidade; também será oferecido o fluxo inverso, de tradução de textos sobre o assunto, atendendo demandas de pesquisadores e profissionais.

Outro foco do projeto é o de assessoramento linguístico, de modo remoto, para atendimento de pessoas com dificuldade de comunicação em língua portuguesa, tais como comunidades rurais de colonização estrangeira ou migrantes e refugiados.

Para chegar aos seus objetivos, o projeto precisa de voluntários, podendo ser eles docentes ou estudantes, que tenham domínio em algum dos idiomas estrangeiros que possuam cursos de graduação na UFPel – alemão, francês, espanhol ou inglês -, além de Libras, braile e idiomas de povos originários.

Interessados devem enviar e-mail até esta terça-feira (31) para o endereço ackahmann@gmail.com, no qual estejam as seguintes informações:

1 – matrícula, nome e curso;

2 – telefone e dados para contato urgente;

3 – idioma em que pretende atuar e nível de fluência;

4 – em qual das três frentes pretende atuar: (a) só pesquisa de conteúdos; (b) pesquisa, tradução e disseminação de conteúdos em redes sociais; (c) assessoramento linguístico remoto;

5 – quantas horas semanais pode dedicar ao projeto e quais são as disponibilidades de realizar plantões (dias e horas) para atendimento de demandas urgentes (para assessoramento linguístico remoto)

6 – se tem interesse em continuar vinculado ao projeto quando este primeiro desafio, do Covid-19, estiver vencido, para dar sequência a conteúdos de acesso à justiça, integração e desenvolvimento econômico-social-cultural.

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.