Covid-19: diferenças entre Itália e Brasil

Sempre que alguém a favor do isolamento cita a Itália, alguém contra o isolamento afirma que a Itália não é um bom exemplo porque é um país muito diferente do nosso.

É verdade, a Itália é muito diferente do Brasil. Algumas dessas diferenças são a nosso favor, outras são contra. Vejamos

A FAVOR

Idade da população. A Itália tem proporcionalmente, mais idosos, que são mais vulneráveis à doença. Como nossa população é mais jovem, o impacto aqui deve ser menor.

Clima. A Itália tem um clima mais frio. Aparentemente, o clima frio é mais favorável ao vírus.

O governo. O governo italiano começou minimizando o problema — depois percebeu seu erro, mudou de atitude, e passou a praticar o isolamento. Nós entendemos o problema antes — e começamos o isolamento antes.

NEUTRO

Tamanho do país. Muita gente cita esse aspecto como favorável a nós. É um erro, o tamanho físico do país é irrelevante, o que é importante são a densidade e o número de focos de irradiação.

Tamanho da população. Muita gente cita esse aspecto como favorável a nós. É um erro, o tamanho da população é irrelevante para o ritmo de propagação. Se não houver isolamento e as outras condições forem iguais, um país com população maior terá mais doentes e mais mortos (mas o que se observa normalmente é a incidência como proporção do total de habitantes).

CONTRA

Densidade populacional. Muita gente cita este aspecto como favorável a nós. É um erro, nossa densidade populacional é menor porque temos grandes áreas desabitadas. Ninguém vai pegar Covid-19 nos confins da Amazônia, onde não mora ninguém. Vai pegar é nas cidades, e nossas principais cidades são maiores e mais densas do que as italianas. E temos muitas favelas, onde a densidade é muito mais alta do que na Itália.

Salubridade. Nossa população é mais jovem, mas também é mais pobre, menos informada, tem piores hábitos de higiene e um estado geral de saúde pior. Além disso, 30 milhões não têm água encanada e 74 milhões não têm esgoto.

Sistema de saúde. Nosso sistema de saúde é de pior qualidade, e temos menos leitos por habitante.

Número de focos de irradiação. Quanto mais focos, mais rápido o vírus se dissemina. A Itália teve basicamente 1 foco, nós temos 3.

Nosso clima é mais quente, mas não no sul do país, justamente onde há maior densidade populacional. E o inverno está chegando.

O presidente da República. Bolsonaro minimiza o problema sempre que pode.

CONCLUSÃO

Cada um dará às diferenças acima a importância que quiser e chegará à sua própria conclusão. De minha parte, considero que a comparação é francamente desfavorável a nós, exceto por termos começado o isolamento mais cedo. É nisso, e só nisso, que deposito minhas esperanças de que não haverá um desastre humanitário de grandes proporções.

© Ricardo Rangel

Face do autor

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.