‘Unimed está preparada para atender pacientes com coronavírus’

O médico Olímpio Jordão, presidente da Unimed em Pelotas, informa que a empresa está preparada para atender pacientes contaminados pelo coronavírus. Todos os usuários do plano que precisem de socorro do plano serão atendidos.

Olímpio, ao centro, e colegas (Foto: Jornal Tradição)

Segundo Olímpio, a Unimed tem um serviço telefônico de 0800 para tirar dúvidas.

Além disso, o hospital Unimed, nas Três Vendas, organizou uma estrutura de triagem de pacientes fora de seu prédio, numa tenda, para evitar contaminação dos profissionais de saúde e de outros pacientes.

“Na triagem, os casos suspeitos do covid-19 serão classificados em três grupos – sintomas leves, intermediários e de alerta vermelho. Os dois primeiros serão encaminhados para tratamento domiciliar. Os graves, enquadrados no alerta vermelho, seguirão para uma sala de emergência destinada à internação. Precisando, a Unimed pagará leitos em hospitais com os quais mantém convênio, como Santa Casa e Beneficência Portuguesa”, conta ele.

Cada paciente que a Unimed recebe com sintomas gripais no setor de triagem, e libera, por quadro leve a intermediário para isolamento domiciliar, é contatado a cada 48 horas por uma profissional de saúde de empresa, para monitoramento do quadro.

Ainda segundo Olímpio, nenhum paciente com problema respiratório suspeito tem acesso ao Hospital, a não ser um caso confirmado grave, que seguiria, num momento inadiável, para a sala de emergência. Os demais seguirão para leitos nos hospitais conveniados.

A Unimed calcula que deverá precisar dar socorro a cerca de 40 doentes graves, sendo que 10 necessitando de UTI. O hospital da Unimed vive um processo de expansão que ainda não chegou à etapa de instalação de UTIs.”Se o volume de pacientes exigir, nosso plano é montar ao menos uma UTI própria de emergência exclusiva para coronavírus. Mas, repito, ninguém ficará sem assistência nossa”.

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.