Prefeitura alerta: ‘Queda da temperatura reforça o Fique em Casa’

Prefeitura informa:

A mudança de temperatura, com os termômetros registrando queda e sensação de frio em algumas horas do dia, altera alguns hábitos da população, reduzindo o fluxo de pessoas nas ruas – o que é indicado durante a pandemia do novo coronavírus. No entanto, a procura por atendimento em saúde aumenta, devido à ocorrência de resfriados ou gripes. A regra geral se mantém: ficar em casa. Profissionais orientam sobre prevenção.

Na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Areal, o aumento do movimento, devido a gripes ou resfriados provocados em épocas de queda de temperatura, é de 15 a 20% em anos normais. “Este ano é atípico e não é possível fazer o mapeamento para separar ocorrências mais comuns. Até o final de 2019, se o paciente tinha uma gripe simples, ia na UPA”, diz o coordenador geral da Unidade, Guilherme Bergmann. Hoje, o fluxo predominante e prioritário é o de investigação da Covid-19.

Governo cria Central

“As pessoas devem evitar sair de casa. Se tiver dúvidas, quanto à sua condição pessoal, deve ligar à Central de Triagem, telefone 3284-7700, por meio da qual receberá orientação profissional após descrever seus sintomas”, recomenda Bergmann.

A Central de Triagem foi instituída pelo governo municipal como mais um suporte de enfrentamento do coronavírus. Desde o dia 20 de março, quando entrou em funcionamento, milhares de pessoas já receberam instruções, por telefone, sobre suas condições de saúde. O setor atende de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h.

O gestor da UPA ainda alerta acerca da importância de a população dar preferência à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência. “Há UBSs em todos os bairros. Não existe necessidade de buscar a UPA em situações de resfriados, gripes ou outros problemas de saúde. O deslocamento, neste período crítico, precisa ser evitado, principalmente em distâncias maiores, além de aglomerações. A UPA Areal, até ser estabelecido o centro de atendimento específico do coronavírus, na UPA Bento, ainda é o local prioritário para receber pessoas com sintomas da Covid-19.”

No Pronto Socorro

O Pronto Socorro de Pelotas (PSP) não atende a casos de gripes ou resfriados. Os serviços são voltados somente à urgência e emergência. A diretora do PSP, médica clínica geral Rosana van der Laan, recomenda que os moradores, diante de quadros de resfriado ou gripe, mantenham-se em suas residências, em ambiente arejado, com circulação de ar e sem aglomerações.

“Reforço que, independentemente de ficar em casa, é preciso praticar as regras de higiene recomendadas, como lavar as mãos com frequência. Esses hábitos fazem parte da prevenção. Estamos entrando numa época de outras viroses, além do coronavírus”, alerta a médica, salientando que, na ocorrência de dificuldade para respirar e temperatura elevada, o atendimento faz-se necessário.

Na Unidade Básica

“A melhor precaução, capaz de impedir resfriados ou gripes provocados pela queda de temperatura, é o distanciamento social. Não sair da moradia é a alternativa mais eficiente”, informa o médico clínico geral da Unidade Básica de Saúde Balsa, Édson Ramalho.

Na manhã desta sexta-feira (3), durante atendimento na Unidade, Ramalho constatou que a população está colaborando: “90% das pessoas estão cumprindo a recomendação do distanciamento social”.

O profissional indica alimentação saudável e ambiente arejado para reduzir as chances de contrair infecções virais. Enfatiza que a vitamina C, além de se apresentar em diversas versões disponíveis em farmácias, também é encontrada em alimentos, como as frutas cítricas.

“Se alguém apresentar algum sinal de resfriado ou gripe, não deve se deixar dominar pela ansiedade, medo ou pânico. Terá de observar a evolução do quadro e, nos casos de febre e dificuldade respiratória, recorrer a atendimento”, recomenda.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.