Militares perderam a paciência

Do Antagonista:

“Os generais Braga Netto, Luiz Ramos, Fernando Azevedo e Silva e o almirante Flávio Rocha fecharam posição contra a demissão de Luiz Henrique Mandetta”.

“Eles aconselharam Jair Bolsonaro a reconsiderar sua decisão em razão de uma série de consequências negativas, dentre elas o risco de que um pedido de impeachment viesse a ser acolhido pelo Congresso Nacional.”

==

Os militares perderam a paciência e já admitem o impeachment. Para Bolsonaro cair, basta que continue na trajetória em que está.

Sendo Bolsonaro quem é, é improvável que mude.

Aliás, sendo quem é, é provável que mande o gabinete do ódio baixar o sarrafo nos ministros militares. O que seria, por assim dizer, um faux pas.

Vida de jornalista 

Vocês vejam como é difícil a vida de jornalista no Brasil de Jair Bolsonaro.

Um veículo obtém a notícia, de fonte boa, de que Bolsonaro vai demitir Mandetta até o fim da semana. Mas não pode acreditar, porque Bolsonaro tem o hábito de plantar notícia falsa para depois dizer que era fake news e xingar a imprensa.

Então sai procurando uma segunda fonte (e, de preferência, uma terceira) para confirmar. Acha, e dá a notícia: a demissão vai ocorrer até sexta-feira.

Saem todos os jornalistas de outros veículos tentando confirmar e aprofundar a notícia.

Um segundo veículo obtém a notícia, de fonte boa, de que Bolsonaro decidiu demitir Mandetta ainda hoje. Mas não pode acreditar, porque Bolsonaro tem o hábito de plantar notícia falsa etc. Então sai procurando uma segunda fonte (e, de preferência, uma terceira) para confirmar. Acha, e dá a nova notícia: vai ser ainda hoje.

Saem todos os jornalistas dos outros veículos tentando confirmar e aprofundar a notícia da demissão.

Aí um veículo obtém a notícia de que os militares convenceram Bolsonaro a voltar atrás. Procura a segunda fonte etc. E dá a nova notícia: a demissão foi cancelada.

Saem todos os jornalistas dos outros veículos tentando confirmar e aprofundar a notícia de que a demissão foi mesmo cancelada.

E agora o que se diz é que Mandetta está trancado com Bolsonaro desde as 17h, e a verdade é que ninguém — nem os jornalistas, nem os ministros, nem Mandetta, nem o próprio Bolsonaro — sabe o que Bolsonaro vai decidir.

A única coisa que se sabe é que este é um país desvairado (des) governado por um desvairado.

© Ricardo Rangel

Facebook de Ricardo Rangel

Rangel é colunista de O Globo e autorizou republicar aqui posts dele no face.

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.