Covid-19: sem o isolamento vigente, Pelotas poderá precisar de 255 leitos de UTI e de 620 leitos de enfermaria

Os dados são do Comitê científico da UFPel para o covid-19.

No pico da pandemia de coronavírus, Pelotas pode precisar de 370 a 620 leitos de enfermarias e de 150 a 255 leitos de UTI.

A ampla diferença entre esses números é decorrente das políticas de distanciamento social a serem adotadas daqui para frente.

Distanciamento

Se forem mantidas as políticas de distanciamento vigentes, estima-se que serão necessários 370 leitos de enfermaria e 150 leitos de UTI na cidade, para prestar atendimento às pessoas infectadas que precisarem de cuidados médicos.

Caso as medidas de distanciamento fossem retiradas, o número de leitos de enfermaria necessários subiria para 620 e o número de leitos de UTI subiria para 255.

Essas estimativas são baseadas em aplicativo desenvolvido por pesquisadores da UFPel, que atuam no Comitê Científico, dando suporte ao Comitê Interno para Acompanhamento da Evolução da Pandemia por Coronavírus.

Os pesquisadores envolvidos são Anaclaudia Fassa, Bianca Preta, Bruno Nunes, Inácio Silva, Luísa Arroyave, Thiago Melo e Tiago Collares, todos com afiliação ou passagem pelo Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia, mas com atuação nos cursos de Enfermagem, Educação Física, Medicina, Biotecnologia, entre outros.

O reitor da UFPel, Pedro Curi Hallal, comenta:

“O aplicativo desenvolvido é ainda mais importante do que as projeções numéricas apresentadas. Isso porque o aplicativo permite que outros pesquisadores, utilizando outras premissas, façam suas próprias interpretações dos dados. Não existe uma única visão na ciência, e exatamente por isso, o aplicativo desenvolvido pelos colegas da UFPel permite que diversos cenários sejam analisados”.

PS: Pelotas tem hoje 57 leitos públicos de UTI e número incerto de leitos em enfermarias.

Pelotas tem 57 leitos e expectativa de mais de 1000 doentes

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.