Com estoque baixo, HE espera 46 mil máscaras para final da próxima semana

Tenho conversado com várias pessoas da área da saúde. Estão preocupadas, óbvio.

Pelotas tem hoje 10 casos de covid-19, mas, segundo as projeções, o número vai crescer.

O comitê da UFPel para o covid-19 afirmou em nota:

“No pico da pandemia de coronavírus, Pelotas pode precisar de 370 a 620 leitos de enfermarias e de 150 a 255 leitos de UTI”.

Pelotas tem apenas 57 leitos de UTI, quase todos ocupados por doentes de outras doenças, nem todos com respiradores.

Uma preocupação extra: o risco de desabastecimento de equipamentos básicos de segurança, como máscaras cirúrgicas (máscaras comuns, não a N95, que é usada só para atender pacientes entubados).

Um funcionário com quem falei me disse, pedindo anonimato:

“Não quero ser identificado. A partir da próxima quarta-feira (15), não teremos mais máscaras disponíveis no Hospital Escola (UFPel), e somos hospital de referência para tratar o covid-19. Estão botando panos quentes na situação. Mas, em reunião hoje de manhã, um dirigente do HE embargou a voz”.

“Estão esperando 40 mil mascaras que vêm de São Paulo. Mas souberam que o carregamento não vai chegar a tempo. A partir de quarta-feira que vem, provavelmente não teremos mais máscara. Além do risco de exposição ao vírus, estamos com o psicológico muito afetado”.

Os profissionais começaram a usar máscara cirúrgica depois que vazou a notícia de que um médico residente do HE testou positivo para coronavírus, num teste rápido. O exame aguarda contraprova do laboratório do estado, Lacen.

Consultei sobre o estoque. Danielle Zaffalon, gerente administrativa do HE, respondeu:

“No HE, estamos aguardando 46 mil máscaras (e 2.300 testes rápidos. com previsão de chegada para o fim da próxima semana. E, pela média de uso, contando com uso racional dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), temos quantidade suficiente para cerca de 10-15 dias”.

 ∇

 © Rubens Spanier Amador, jornalista, editor

Facebook do autor

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.