Áudio: A fala que pode ter feito governador repensar decreto que paralisou empresas

Na semana passada, a presidente da Federação de Entidades Empresariais do RS (Federasul), Simone Leite (foto), fez um discurso em uma reunião.

Palavras preocupadas com o decreto do governo do estado, neste tempo de pandemia, determinou o fechamento temporário de atividades empresariais.

Entre outras coisas, disse:

“Recebi mais de 200 contatos de empreendedores desesperados com a situação em que o governo está colocando a classe empreendedora do Rio Grande do Sul. Estão com sede. Estão com fome”.

“Mais de 300 cidades do estado não têm nenhuma contaminação. Precisamos flexibilizar as atividades produtivas desses municípios”.

“A situação é muito grave”.

As palavras de Simone podem ter sensibilizado o governador Eduardo Leite, que ontem, 13, deu a entender, em entrevista à GaúchaZH, que pode rever seu decreto que paralisou grande parte da atividade produtiva no estado.

O áudio, abaixo, está na mídia de vídeo por falha técnica da mídia áudio puro.

Leite estuda flexibilizar abertura do comércio
 

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.