Alexandre de Moraes abre inquérito para investigar ato a favor da volta da ditadura

Há pouco, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, abriu inquérito hoje para investigar a organização da ato nacional que pediu a volta da ditadura, fechamento do Congresso e do STF.

A investigação ficará a cargo da Procuradoria Geral da União e será supervisionada pelo STF. Ela não inclui Bolsonaro entre os alvos, mesmo que ele tenha participado do evento de Brasília.

Sobre a mesa do procurador geral da República, Augusto Aras, há um pedido do Cidadania para incluir o presidente na investigação. Ele deve despachar o pedido nos próximos dias.

Alexandre de Moraes

 

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.