Bolsonaro cancela churrasquinho

Está difícil de entender o presidente Bolsonaro.

Ele anunciou à imprensa que faria um churrasquinho para 30 pessoas, talvez com uma peladinha de futebol depois. Chegou a dizer que convidaria mais de mil pessoas.

Os convites foram confirmados por alguns convidados.

Hoje, Bolsonaro disse que era fake news a história do churrasquinho e da peladinha. Chamou os jornalistas de “idiotas” por acreditarem em notícia falsa, e que o MBL se superou ao ingressar na justiça contra o evento que ele mesmo anunciou.

Ou foi isso mesmo, uma pegadinha de moleque. Ou, aconselhado, desistiu de assar carne no dia em que o País supera 10 mil mortos por covid-19.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.