Teich deixa o Ministério da Saúde

Escute a notícia

Nelson Teich não é mais ministro da Saúde.

Em pronunciamento, ele informou que pediu demissão, para preservar sua carreira.

Embora não tenha dito, Teich não comprou a tese presidencial do uso da cloroquina e do isolamento vertical.

A gota d’água parece ter sido o fato de ter sido surpreendido, numa coletiva de imprensa, por um jornalista, com a notícia de que o presidente Bolsonaro havia decretado que serviços de academia e salões de beleza passam a ser considerados essenciais, portanto, passíveis de funcionar durante a pandemia. Teich não sabia do decreto.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.