BOLSONARO QUER POVO ARMADO

Escute a notícia

No vídeo da reunião ministerial do dia 22, revelado há pouco, o presidente Jair Bolsonaro disse, entre outras coisas, que quer o povo armado, porque, assim, não será escravizado. Ele defende a política de armamento da sociedade porque, segundo ele, “está em jogo a liberdade do povo brasileiro.

Ele se queixa de que o governo esta sob pressão dos demais poderes e da mídia. E dá a entender que é preciso armar o povo para impedir a ditadura dos demais poderes e a mídia querem impor.

Bolsonaro disse também que “não vai deixar f… sua família e que, por isso, quer trocar o comando da PF”. Ele entende que estão perseguindo a sua família com o objetivo de atingi-lo, uma frente da batalha para derrubá-lo, como parte da estratégia dos seus oponentes, os demais poderes e a mídia.

O presidente se vê como perseguido por um complô do establishment, do qual fariam parte o “bosta do governador Doria, o estrume do governador do Rio”.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que em Brasília só tem vagabundo, inclusive os ministros do STF, que se pudesse colocaria todos na cadeia. Que tem que “acabar com essa porcaria de Brasília”. Que “o governo esta perdendo a luta pela liberdade”.

Veja a íntegra no vídeo:

(…)

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.