Prefeitura confronta pelotense com lixo mal descartado

Quem passou pelo Calçadão da Andrade Neves, na tarde desta quarta-feira (3), foi surpreendido ao encontrar uma estrutura diferente próxima ao Chafariz das Três Meninas, que atraiu olhares curiosos da população.

No entanto, a caixa de acrílico com 2 metros de altura guardava um conteúdo bastante conhecido por todos: lixo. Todos os resíduos expostos foram retirados pelo Sanep na primeira semana do mutirão de limpeza das bocas de lobo e levados até o centro da cidade para dimensionar a gravidade do problema de descartar o lixo incorretamente.

Nas primeiras noites de trabalho da autarquia, mais de 300 bueiros foram limpos e uma caçamba de caminhão cheia de resíduos recolhida – principalmente, com garrafas pet e sacolas plásticas, que obstruíam as estruturas e impediam o escoamento da água.

A ideia do Sanep é alertar os cidadãos e demonstrar que o lixo jogado por eles na rua, uma hora ou outra, retornará causando alagamentos e prejudicando sua própria rotina no município. 

A prefeita Paula Mascarenhas e o diretor-presidente do Sanep, Alexandre Garcia, acompanharam o início da atividade e aproveitaram para conversar com as pessoas sobre o tema. De acordo com Paula, atividades de educação ambiental, como esta, precisam ser reforçadas para conscientizar a população.

A iniciativa chamou a atenção de pelotenses que caminhavam pelo Calçadão e pararam para observar os resíduos, responsáveis por entupir os sistemas de drenagem até a semana passada. É o caso da aposentada Leiane Rodrigues, que aprovou a exposição como forma de sensibilizar a comunidade.

Mutirão de limpeza chegará aos bairros

O diretor-presidente do Sanep explica que, pelos próximos três meses, a autarquia dará continuidade ao mutirão de limpeza das bocas de lobo. A expectativa é de que em 15 dias, cerca de mil estruturas já estejam desobstruídas e o serviço seja direcionado aos bairros, acrescenta Garcia. A ação acontece sempre durante a noite, das 19h às 7h, para evitar interrupções no trânsito e aglomerações. Somente no primeiro trecho que recebeu o mutirão (esquina das ruas Gonçalves Chaves e Tiradentes), em maio, três sacos cheios de lixo foram retirados.

Plástico Zero

Paralelo à limpeza dos bueiros, o Sanep também busca evitar que tantos resíduos cheguem aos sistemas de drenagem e provoquem os alagamentos. Pensando nisso e em contribuir para a redução da poluição plástica no mundo, lançou o projeto Plástico Zero no último mês. Através de campanhas educativas em cinco feiras da cidade, a iniciativa vai distribuir, à população, ecobags (sacolas de pano reutilizáveis) no lugar dos sacos plásticos.

1 thought on “Prefeitura confronta pelotense com lixo mal descartado

  1. Excelente idéia, pode ser que saltando aos olhos, as pessoas tomem consciência de que são responsáveis pela manutenção de limpeza da cidade. Com toda certeza da maneira que se apresenta uma hora irá acontecer o óbvio, um alagamento desproporcional, aí a culpa será de quem? Da prefeitura, da prefeita ou do cidadão que joga seu lixo por todo canto da cidade.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.