Paula insiste na retomada de negociação para reabrir Pop Center e diz que proposta dos gestores é melhor

Após assinar o Decreto Municipal, número 6.801, que estabelece regras para a reabertura do Pop Center, a prefeita Paula voltou a se colocar à disposição para mediar as negociações entre os permissionários e os gestores do centro de comércio popular.

Os dois grupos não entraram em acordo sobre o valor que deve ser pago pelo aluguel das bancas a partir da retomada das atividades. 

Em um vídeo feito neste sábado (6), a prefeita solicita aos permissionários que reflitam sobre a proposta e retornem à prefeitura para negociar na próxima semana.

Paula também corrige os valores referentes à negociação. A oferta feita pelos gestores do Pop Center isenta o pagamento do aluguel de junho, e estabelece um valor de 25% sobre o total pago para julho, 50% para agosto e 75% referente a setembro, quando a situação econômica deverá ser novamente reavaliada.

“Vou dar um exemplo: uma banca que custa R$ 160,00 por semana, não pagará nada em junho, pagará R$ 40,00 em cada uma das quatro semanas de julho, R$ 80,00 em cada uma das quatro semanas de agosto e R$ 120,00 em cada uma das cinco semanas de setembro, perfazendo um total de R$ 1.080,00, quando o valor sem essa negociação seria de R$ 1.200,00”, esclareceu Paula.

O Pop Center já pode voltar a funcionar a partir da próxima semana, com protocolo de segurança para prevenção ao novo coronavírus. O município determinou que as estruturas montadas na área externa do prédio devem ser retiradas até o dia 14 de junho.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.