“Neste fim de semana, é não deixar ninguém morrer no corredor sem ventilador”

Lucas Seixas, cirurgião-geral do Hospital de Base, maior hospital público da capital do país, avisou seus colegas, na neste sábado, que as vagas nos hospitais públicos e privados de Brasília acabaram.

“Por enquanto, neste final de semana, é não deixar ninguém morrer no corredor sem respirador. Temos muita preocupação com a questão dos medicamentos. Depois convocarei todos vocês para uma reunião.”

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.