Risco de ‘bandeira vermelha’em Pelotas é real e comércio pode voltar a ser fechado

Escute a notícia

Prefeita Paula Mascarenhas fez uma live na manhã desta quinta-feira (2). Começou por lamentar a morte de um servidor municipal, quarta vítima da covid na cidade, no final da tarde de ontem. Ela alertou que o momento é preocupante.

“O número de casos aumentou muito na Zona Sul, 15 mortes até aqui”.

Paula afirmou que é provável que a região e Pelotas passem para bandeira vermelha no plano de distanciamento do governo do estado, o que significaria tornar a fechar o comércio e demais atividades consideradas não essenciais.

A atualização das bandeiras ocorre nesta sexta-feira (3).

“Temos risco real de entrar na bandeira vermelha. Temo que tenhamos de tomar medidas ainda mais drásticas. E temo porque sei dos impactos que causam na economia. No entanto, não vou hesitar nas medidas, no momento certo”.

A prefeita disse que convocou as lideranças da Aliança Pelotas para avisá-las pessoalmente do quadro que se avizinha.

“Estamos passando por momentos muito difíceis e, por isso, precisamos de medidas mais fortes, como o projeto de lei que está na Câmara (prevendo multar a quem aglomerar, não usar máscara e promover eventos coletivos).

“A Câmara está avaliando nossa mensagem. Parece certo que os vereadores aprovarão, talvez com emendas. Eu evitei esse encaminhamento, mas, numa enquete que fizemos, a maioria da população aprova uma lei assim”.

2 thoughts on “Risco de ‘bandeira vermelha’em Pelotas é real e comércio pode voltar a ser fechado

  1. Que enquete foi está que ninguém ficou sabendo ? Propaganda do governo municipal só para impor a tarifa de iluminação pública ?

  2. Todos temos que entender e colaborar mesma sendo difícil! É passageiro, espera-se! Mas como sempre e em tudo Pelotas é difícil!!!!! Vamos tentar pessoal! Força União e solidariedade!!! Para termos saúde e evitarmos o máximo possível mais mortes!!!!! Bora lá!!!!!

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.