Pesquisa da UFPel estuda o impacto do isolamento social na saúde física e mental dos gaúchos

Qual o impacto do isolamento social na saúde física, mental, e no acesso aos serviços de saúde na população do Rio Grande do Sul? Essa é uma das perguntas que o estudo PAMPA (Estudo Prospectivo sobre Saúde Mental e Física, em inglês) buscará responder. O estudo, coordenado pelo Grupo de Estudo em Epidemiologia da Atividade Física (GEEAF) e pelo Grupo de Estudos em Fisiologia do Exercício (GEFEX) contará com adultos de todas as regiões do estado do Rio Grande do Sul.

Até o final do primeiro período de coleta, os pesquisadores buscam totalizar 1767 questionários preenchidos, sendo que a amostra precisa ser distribuída proporcionalmente pelas macrorregiões de saúde (Sul, Missioneira, Centro-oeste, Vales, Norte, Serra e Metropolitana). O questionário conta com questões sobre atividade física, dor lombar, sintomas de ansiedade e depressão, acesso aos serviços de saúde, entre outras.

Todo adulto (a) residente no Rio Grande do Sul pode participar da pesquisa acessando nas redes sociais da pesquisa pelo Instagram (@coortepampa2020), Facebook (@coortepampa2020), ou no link https://forms.gle/Nk9W5sec6EksRj78A

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.