Connect with us
https://www.mvpthemes.com/zoxnews/wp-content/uploads/2017/07/zox-leader.png

Pandemia

PAULA DIZ QUE NÃO ACATARÁ PEDIDO DE VEREADORES PARA MUDAR BANDEIRA

Publicado

on

Prefeita Paula afirmou hoje, em entrevista ao Amigos, que não acatará Pedido de Providências feito pelos vereadores Fabrício Tavares e Anderson Garcia para que o município reconsidere a aceitação da bandeira vermelha.

Paula justificou:

“Esse pedido é fora de época. A discussão sobre o tema ocorreu na sexta e no sábado. Não concordo que se divida Pelotas e Rio Grande em duas regiões, pois de fato estamos na mesma região e somos duas cidades- referência em saúde para todos os 23 municípios que compõem a Azonasul. Tudo o que ocorre afeta lá e cá. É inevitável”, afirmou.

Fabrício e Anderson, da base do governo, encaminharam o Pedido de Providências para que Pelotas solicite ao Governo do Estado a revisão da sua classificação de bandeira vermelha para bandeira laranja.  

Os dois vereadores justificam que pelas normas do Decreto 55240/2020 do Governo do Estado, o município que sofre alteração da cor de bandeira, possuiu o direito de recorrer desta decisão, como aconteceu, por exemplo, com os  municípios de Caxias do Sul, Taquara, Erechim e Passo Fundo, os quais possuem o índice de 900 à 1600 contaminados para cada 100 mil habitantes, enquanto Pelotas mantém um índice muito inferior, de 90-100 contaminados por 100 mil habitantes, e mantiveram-se na bandeira laranja.

Além disso, Pelotas ainda possui melhor oferta de leitos de UTI para tratamento da COVID-19 em relação aos municípios mencionados, o que justificaria, segundo Tavares e Garcia, que seja reconsiderada a cor de bandeira vermelha atribuída para a nossa cidade. ‘Tínhamos que no mínimo ter recorrido, pois é um direito da cidade’, disse Fabrício Tavares em entrevista na tarde desta terça-feira. O pedido foi protocolado e será analisado em sessão ‘on-line’ que ocorre nesta quarta-feira.

Clique para comentar

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.

Pandemia

Caso de covid suspende eleição de presidente do Instituto João Simões Lopes Neto

Publicado

on

A eleição e posse do novo presidente do Instituto João Simões Lopes Neto, marcada para ocorrer ontem, sexta, 16, à noite, foi suspensa.

Um dos candidatos a presidir a Casa foi diagnosticado com covid-19.

João Simões Lopes Neto

Continue Reading

Pandemia

Prefeitura diz que houve erro no Painel Covid e que há menos internados

Publicado

on

Atualizado: 23h13

O painel com os dados da evolução da covid-19 em Pelotas, no site da prefeitura, informou neste sábado, 16, percentagens de ocupação de leitos superiores a 100%.

115.3% a ocupação geral e 130.6% nos leitos de UTI.

O Amigos perguntou à assessoria da prefeitura como explicava aquelas percentagens.

Segundo a prefeitura, “houve algum erro. Não sabemos ainda se foi erro de digitação ou erro no sistema. Estamos apurando e vai ser corrigido.”

A prefeitura diz também que “Pelotas tem 78 pessoas internadas, não 136, como informa o Painel. 16 pacientes em UTI e 62 em enfermaria.”

Confira abaixo as duas tabelas.

Continue Reading

Pandemia

Pelotas registra 66 novos casos de covid neste sábado

A ocupação geral de leitos, que estava em torno de 30%, estável, vem subindo crescentemente

Publicado

on

Atualizado: 22h39

Pelotas registrou neste sábado 66 casos novos de pessoas com covid-19.

36 mulheres e 30 homens, com idades entre três e 79 anos.

Mais cedo, segundo dados do Painel Covid, no site da prefeitura, a cidade tinha 136 internados: 25 em leitos de UTI (75.8% de ocupação) e 111 em enfermaria (130.6%). Mais tarde, a prefeitura, consultada, explicou que houve um erro no Painel.

“Pelotas tem 78 pessoas internadas (66,1% de ocupação), não 136, como informava inicialmente o Painel: 16 pacientes em UTI (48,5%) e 62 em enfermaria (72,9%)”, afirmou a assessoria de imprensa do Paço Municipal.

Em setembro, Pelotas se manteve com vinte e poucos casos novos ao dia. A ocupação geral de leitos, que estava em torno de 30%, estável, subiu em outubro. Ontem (15 de outubro) a ocupação estava em 65%. Hoje, 16, a ocupação está em 66,1%.

Ontem faleceu um rapaz de 37. E um de 20.

A prefeitura, consultada, respondeu:

“Nos últimos dias as internações estavam acima da verificada hoje, 66. Estávamos tendo em torno de 100 novos casos por dia. Mas a taxa de transmissão caiu. Chegou a estar em 1,4, caiu para manos de 1 e hoje está em 1,04. Ou seja, já estivemos em situação um pouco mais grave. Pelotas é o município da região que pratica ainda as maiores restrições. Todos os outros aderiram aos protocolos estaduais, que são mais flexíveis”.

Continue Reading

Em alta