PAULA DIZ QUE NÃO ACATARÁ PEDIDO DE VEREADORES PARA MUDAR BANDEIRA

Prefeita Paula afirmou hoje, em entrevista ao Amigos, que não acatará Pedido de Providências feito pelos vereadores Fabrício Tavares e Anderson Garcia para que o município reconsidere a aceitação da bandeira vermelha.

Paula justificou:

“Esse pedido é fora de época. A discussão sobre o tema ocorreu na sexta e no sábado. Não concordo que se divida Pelotas e Rio Grande em duas regiões, pois de fato estamos na mesma região e somos duas cidades- referência em saúde para todos os 23 municípios que compõem a Azonasul. Tudo o que ocorre afeta lá e cá. É inevitável”, afirmou.

Fabrício e Anderson, da base do governo, encaminharam o Pedido de Providências para que Pelotas solicite ao Governo do Estado a revisão da sua classificação de bandeira vermelha para bandeira laranja.  

Os dois vereadores justificam que pelas normas do Decreto 55240/2020 do Governo do Estado, o município que sofre alteração da cor de bandeira, possuiu o direito de recorrer desta decisão, como aconteceu, por exemplo, com os  municípios de Caxias do Sul, Taquara, Erechim e Passo Fundo, os quais possuem o índice de 900 à 1600 contaminados para cada 100 mil habitantes, enquanto Pelotas mantém um índice muito inferior, de 90-100 contaminados por 100 mil habitantes, e mantiveram-se na bandeira laranja.

Além disso, Pelotas ainda possui melhor oferta de leitos de UTI para tratamento da COVID-19 em relação aos municípios mencionados, o que justificaria, segundo Tavares e Garcia, que seja reconsiderada a cor de bandeira vermelha atribuída para a nossa cidade. ‘Tínhamos que no mínimo ter recorrido, pois é um direito da cidade’, disse Fabrício Tavares em entrevista na tarde desta terça-feira. O pedido foi protocolado e será analisado em sessão ‘on-line’ que ocorre nesta quarta-feira.

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.