Paula ainda não sabe se vai recorrer contra nova bandeira vermelha

Após a divulgação nesta sexta-feira, pelo governo do estado, de bandeira vermelha de alto risco para contágio pelo novo coronavírus, a prefeita Paula Mascarenhas disse que estuda a possibilidade de recorrer para flexibilizar as medidas.

Ela vai levar a questão para o Comitê de Crise e aguardar análise técnica para decidir se recorre ou não.

“O elemento mais importante que nós teríamos para colocar como recurso agora seriam 10 novos leitos que nós disponibilizamos para regulação estadual, mas como isso aconteceu no início desta semana, me parece que o Estado já levou em conta para esta análise que foi disponibilizada hoje e isso não foi suficiente para reverter a bandeira”, destacou a prefeita.

PUBLICIDADE  Até esta sexta, o município tinha 384 casos confirmados do novo coronavírus, sendo destes, 278 considerados recuperados, 85 em isolamento e 15 internados. Segundo o último boletim epidemiológico, a cidade registrou seis óbitos pela doença até o momento. Além disso, 29 pessoas estão internadas nas unidades de referência no tratamento da pandemia, sendo cinco de outros municípios da região.

Assim como Paula, demais prefeitos e associações de municípios – no caso de Pelotas, a Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul) – devem apresentar o recurso ao Estado até o domingo (12), às 6h. A bandeira definitiva será divulgada na segunda-feira (13).

Pelotas pode ficar mais 15 dias na bandeira vermelha a partir de terça

Obrigado por participar. Comentários podem ser rejeitados ou ter a redação moderada. Escreva com civilidade, por favor. Abç.