PAULA VAI RECORRER CONTRA BANDEIRA VERMELHA

A prefeita de Pelotas, Paula Schild Mascarenhas, anunciou na noite deste sábado (11) ao Comitê de Enfrentamento ao coronavírus , que vai recorrer da bandeira vermelha no Distanciamento Controlado do Governo do Estado mantida na última sexta-feira para o município e região.

O fato de não poder recorrer na terceira semana e, portanto, entrar automaticamente na bandeira vermelha foi preponderante para a decisão da chefe do executivo.

Paula foi informada que municípios que fiquem duas semanas fechados, automaticamente ficam na terceira semana em vermelha.

“Minha ideia é que nos ficássemos 14 dias com comércio e serviços fechados, para respirar, melhorar os índices e seguir em frente. Mas 21 dias fechados, preliminarmente, me pareceu um remédio amargo demais para a nossa economia, talvez desnecessário.

PULICIDADE

Nesse caso, eu tinha por responsabilidade recorrer, informando ao governo do estado por que não recorri antes. Mas que, sabendo que teríamos de ficar 21 dias fechados, passei a considerar que talvez fosse tempo demais. E que, portanto, sem alternativa, estou recorrendo agora, pedindo a bandeira laranja, ou pedindo o direito de, em continuando com bandeira vermelha, recorrer no próximo fim de semana, caso os números me apoiem. Se não me apoiarem, é outra situação”.

“Nossa intenção era parar por duas semanas o comércio e serviços não-essenciais para dar o tempo necessário para encontrar soluções a nossas dificuldades, como a formação de novas equipes de saúde. No entanto, insisto, a nova realidade (21 dias) seria uma medida amarga e austera demais, manter por todo esse tempo as atividades fechadas”.

Esse raciocínio, aliado às informações sobre a abertura de novos leitos exclusivos para covid 19 na Beneficência Portuguesa, permite-nos solicitar o recurso nesta semana ou, alternativamente, a possibilidade de recorrermos na próxima semana, ainda que tendo permanecido por 14 dias consecutivos em bandeira vermelha”.

PUBLICIDADE

Obrigado por participar. Comentários podem ter a redação moderada.